Atualizado: 22-Aug-2007

Projeto de Pesquisa
(Parte V - Amostra)


diapositivos em PDF

diapositivos em PPT

Ementa da aula | Conteúdo da aula | Artigo para leitura prévia
Objetivos de aprendizagem | Leitura complementar



Ementa da aula

A definição

A amostra é terceiro item do plano de trabalho. Na elaboração de um projeto de pesquisa, deve-se ter clara a definição dos termos "população" e "amostra". A população diz respeito a um conjunto de todos os elementos onde, cada um deles, apresenta uma ou mais características em comum. Quando se extrai um conjunto de observações da população ou seja, toma-se parte desta para a realização do estudo, tem-se a amostra. Na prática, a partir de uma amostra, pode-se fazer inferências para a população. Caso pudéssemos estudar toda a população por meio de um censo não seria necessário ter uma amostra representativa. Ou seja, quando fazemos o censo não precisamos de amostra, porém quando temos a amostra é possível estimar os valores da população.

A importância

O termo amostragem refere-se ao processo (probabilístico ou não-probabilístico) pelo qual se obtém uma amostra de uma população e deve ser realizada com técnicas adequadas (amostra probabilística) para garantir a representatividade da população em estudo. Cabe ainda ressaltar que sempre que possível, cada elemento da população deve ter igual probabilidade de participar da amostra, evitando assim um viés de amostragem. As pesquisas por amostragem provém algumas vantagens na realização do estudo, o menor custo, os resultados em menor tempo, os objetivos mais amplos e os dados fidedignos.

Neste item são apresentados as informação qualitativas sobre a amostra, o tamanho da amostra, informações quantitativas, é apresentado na aula 10 (Método estatístico - cálculo do tamanho da amostra).

A amostra no projeto de pesquisa

A amostra de uma pesquisa deve ser dividida e descrita em quatro partes:
  • a) critério de inclusão;
  • b) critérios de exclusão;
  • c) amostragem;
  • d) consentimento livre e esclarecido.

No item critério de inclusão. Devem ser citados e descritos quais são tipos de participantes (sujeitos da pesquisa) que serão estudados, o estadiamento da doença e a forma de diagnóstico. Um erro comum neste item é colocar que a assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido é um critério de inclusão.

No item critérios de exclusão. Quais são os participantes que preenchem os critérios de inclusão que por motivos éticos ou clínicos não devem fazer parte da pesquisa? As respostas a esta pergunta são os critérios de exclusão. Os critérios de exclusão devem ser entendidos como subconjuntos do critério de inclusão. Um erro comum neste item é colocar que a não assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido é um critério de exclusão.

No item critério de inclusão deve ser listado qual o grupo de sujeitos da pesquisa que está sendo pesquisado.

No item amostragem, a forma como os participantes foram recrutados para a pesquisa para manter a representatividade da amostra (validade externa). O tipo de amostra deve ser citado, por exemplo, amostra probabilística do tipo amostra casual simples, amostra probabilística do tipo amostra sistemática, amostra probabilística do tipo amostra estratificada, amostra probabilística do tipo amostra por conglomerado, amostra não-probabilística do tipo amostra por cotas, amostra não-probabilística do tipo amostra sistemática, amostra não-probabilística do tipo amostra por conveniência. A descrição da técnica utilizada, também, deve ser apresentada.

No item consentimento livre e esclarecido. A forma como os participantes serão abordados para participarem da pesquisa. Qual o momento, quem irá fazer, como irá fazer e aonde irá fazer? Deve conter uma referência ao modelo de consentimento que será utilizado, e a versão do consentimento deverá ser colocada em anexo.

Considerações finais
Cada ums dos itens que compõem a amostra são descritos orientados pela pergunta da pesquisa, que influencia direta ou indiretamento dos os componetes do projeto de pesquisa.

[ Sobe ]


Conteúdo da aula

• Qual a relação entre a pergunta clínica e a amostra?
• Quem determina a amostra a ser estudada?
• Quais são os componentes necessários para determinar a amostra?
• Quais são as técnicas de amostragem?
• Por que é importante a amostragem na aplicabilidade do estudo?

[ Sobe ]


Artigo para leitura prévia

Lavado EL, Castro AA. Projeto de pesquisa (parte V - amostra). In: Castro AA, editor. Planejamento da pesquisa. São Paulo: AAC; 2001. Disponível em: URL: http://www.evidencias.com/planejamento/pdf/lv4_07_amostra.pdf

[ Sobe ]  


Ao final da aula, o aluno bem sucedido
deverá ser capaz de:

• Entender a relação entre a pergunta clínica e a amostra;
• Saber quem determina a amostra a ser estudada;
• Listar e definir os componentes necessários para determinar a amostra;
• Conhecer as técnicas de amostragem;

• Justificar a importância da amostragem na aplicabilidade do estudo.

[ Sobe ]


Leitura complementar

http://moodle.uncisal.edu.br/course/view.php?id=17
Programa Miha Primeira Pesquisa. Passo-a-passo da realização de uma pesquisa, desde a formulação da idéia brilhante até o encaminhamento do artigo original para publicação. Acesse como VISITANTE.

http://www.cas.lancs.ac.uk/short_courses/samplingdesign.html
Sampling Design
(Introduction to Sampling, Examples of Surveys, Different Sample Designs, Surveying)

http://www.doh.gov.uk/consent/
Consent, Department of Health, England.

http://www.research.umn.edu/cgi-bin/mod3s.cgi
Welcome to the Create a Consent Document module

http://www.research.umn.edu/consent/menu_med.html

Castro AA, editor. Planejamento da pesquisa. São Paulo: AAC; 2001. Disponível em: URL: http://www.evidencias.com/planejamento

http://www.evidencias.com/cc_glossary_traducao_412.PDF
Glossário de termos de metodologia

Haynes RB, Mulrow CD, Huth EJ, Altman DG, Gardner MJ. More informative abstracts revisited. Ann Intern Med 1990;113:69-76. Disponível em: URL: http://www.acponline.org/journals/resource/90aim.htm

Bland JM, Altman DG. Matching. BMJ 1994 Oct 29;309(6962):1128. Disponível em: URL: http://www.bmj.com/cgi/content/full/309/6962/1128

International Committee of Medical Journal Editors. Uniform requirements for manuscripts submitted to biomedical journals. Ann Intern Med 1997;126:36-47. Disponível em: URL: http://www.icmje.org

Bulpitt CJ. Recruitment of subjects. In: Bulpitt CJ. Randomised controlled trials. The Hague: Martinus Nijhoff Publishers; 1983:39-43.

[ Sobe | Volta ]


Conteúdo protegido por direitos autorais, pode ser copiado apenas para uso pessoal.
Copyright © 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007 by Aldemar Araujo Castro
Correio eletrônico:
email@evidencias.com
URL: http://www.evidencias.com/planejamento/lv4_07.htm